• Chegou a hora da verdade, golpistas

    No Blog da Cidadania

    Imagino que poucos tenham sido os que perderam tempo de sono assistindo à encenação barata levada a cabo no Senado da República na madrugada desta quinta-feira, 12 de maio de 2016. Este blogueiro não esteve entre esse bando de crédulos, por óbvio. Pouco importou o que disse este ou aquele senador. As cartas estavam marcadas.

    Não aconteceu nada de relevante no Plenário do Senado. Todos sabiam que nada havia a esperar. Nenhuma defesa de Dilma, por mais brilhante que fosse, mudaria o rumo das coisas. Nenhuma acusação que coonestasse o que lá ocorria veio nos salvar da confirmação de que a democracia estava sendo violentada com requintes de crueldade – pela capa torturante de “legalidade” (mal) estendida sobre o processo de impeachment de Dilma Vana Rousseff.

    O impeachment, pode-se dizer, ocorreu sob amplo constrangimento dos seus autores, dos seus executores e da assistência no entorno.

    Leia mais em Gestão Dória será investigada por cárcere privado de servidores


  • A Justiça de Moro – Cláudia Cruz, inocentada. Já Marisa Letícia, nem depois de morta.

    O Cafezinho

    Por Bojonas Teixeira Marisa Letícia, submetida ao estresse extremo, sofreu um AVC e morreu. Os médicos são unânimes em que o ambiente de pressão, de perseguição e linchamento foi causa decisiva para essa morte. Mas, mesmo assim, Sérgio Moro não a absolveu. Os advogados pediram a absolvição dela após a morte. Mas ele não aceitou. Apenas decretou a “extinção da punibilidade”. Ou seja, manteve um espinho cravado sobre a alma dela, mesmo depois de morta. Perseguindo-a, com as fúrias da lei, mesmo no outro mundo. Mas e Claudia Cruz? Cláudia, foi absolvida.

    Marisa Letícia nunca teve conta na Suíça, não fez gastos de US$ 526 mil no cartão de crédito, ou seja, mais de meio milhão de dólares, em compras suntuosas nas capitais do luxo. No entanto, apesar de Cláudia, como é conhecida na intimidade, gastar mais de meio milhão de dólares em futilidades, Moro viu nisso só inocência. Só vislumbrou boa fé. No caso de Maria Letícia, ao contrário, aceitou a denúncia ridícula que a acusa de lavagem de dinheiro por um triplex que ela nunca usou. Cláudia Cruz comprou, usou, consumiu, usufruiu, ostentou. Mas é inocente. Já no caso de Marisa, não comprou, não usou, não habitou – Mas havia elementos suficientes para que o juiz aceitasse a acusação.

    Leia mais em A Justiça de Moro – Cláudia Cruz, inocentada. Já Marisa Letícia, nem depois de morta


  • Doleiro preso por tráfico ajudaria Aécio na lavagem de propina, suspeita Lava Jato

    GNN Notícias

    Jornal GGN - No documento em que reforça o pedido de prisão contra Aécio Neves ao Supremo Tribunal Federal, o procurador-geral da República Rodrigo Janot revela que além da empresa da família Perrela, um doleiro condenado por tráfico internacional de diamentes é suspeito de ajudar o senador mineiro na lavagem da propina que ele teria recebido da JBS.

    Nas investigações sobre o caso, a Polícia Federal flagrou o assessor parlamentar de Zezé Perrela, Mendherson Souza Lima, conversando de maneira cifrada com o doleiro Gaby Amine Toufic Madi, condenado a 7 anos de prisão em 2016.

    Clique para continuar a ler.


  • Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

    Junte-se a 797 outros seguidores

  • Recomendo leitura

Qual dossiê pode mudar o destino do Brasil?


Narcisista, o tucano desesperado partiu para ataques frontais.

Há uma onda midiática contra a candidatura de Dilma Rousseff. Redundante isso não? Sei disso. Mas acontece que é o que estamos vivenciando dia após dia. O Globo no Rio de Janeiro, a Veja, O Estado de São Paulo, a Folha de São Paulo, o Zero Hora do Rio Grande do Sul e outras mídias como a CBN, Rádio Globo e a Rede Globo de Televisão (Organizações Globo), entre tantas outras emissoras de Rádio e Televisão insistem no mesmo discurso.

Quando o tucanato do núcleo paulista resolveu dar a senha, toda a mídia abraçou a causa e partiram para o ataque. Inútil esforço! Parece que o povo está mais esclarecido e vacinado contra as mentiras midiáticas desse jornalixo que sempre viveram às custas do poder público manipulando a massa de trabalhadores com informações truncadas ou deturpadas. O Carta Maior publica um edital que vale a pena uma leitura, por isso a transcrição na íntegra. Vejam:

NOVOS “VAZAMENTOS” ATINGEM A CANDIDATURA SERRA

Luiz Carlos Trabuco Cappi, presidente do banco Bradesco, ‘vazou’ nesta 5º feira informações que atingem de forma letal a candidatura Serra. Aspas para as inconfidencias de Trabuco:

I] “O que sentimos, tendo por base nosso relacionamento com 1,4 milhão de empresas, é que o Brasil está crescendo em todos os setores. Não há uma dependência setorial”;

Lula presidente continua operário. Agora pelo povo brasileiro.

II] “…11 milhões de brasileiros vão viajar pela primeira vez de avião nos próximos 12 meses” ;

III] “…o Brasil passará nos próximos anos pelo melhor ciclo econômico de sua história; vamos vivenciar, na segunda década do século XXI, aquilo que foi chamado de “sonho americano”.

Ao longo do dia, de diferentes áreas do governo e da economia, outros vazamentos sacudiriam a combalida higidez da candidatura José Serra, a saber:

a] BC interrompe alta dos juros;

b] carga tributária declina;

c] vendas recordes de automóveis em agosto;

d] massa salarial tem aumento real de 32,7% entre 2004 e 2010; e] classes C e D já superam a classe B em poder de consumo;

f] setor industrial investe R$ 549 bilhões até 2013;

g] definida a capitalização da Petrobras: fatia estatal da empresa deve saltar de 29% para 42% e garantir –à revelia do condomínio midiáticotucano– a soberania brasileira no pré-sal;

h] infraestrutura teve R$ 199 bilhões em investimentos entre 2005 e 2008; terá mais R$ 310 bilhões entre 2010-2013;

i] Brasil realiza os três maiores investimentos em geração de energia elétrica do planeta – Jirau e Santo Antônio e Belo Monte;

j] otimismo dos brasileiros atinge o maior nível em 9 anos…

Visivelmente abalado, no final do dia, o candidato tucano retomaria seu discurso contra as Farcs, contra Moráles, o narcotráfico, o PT… (Carta Maior, 2010)


Quais dossiês resistem a informações como estas?

x-x-x-x atentai-vos! x-x-x-x

Os Amigos do Presidente Lula tem uma avaliação interessante sobre o vazamento das informações de Verônica Serra. Vejam trechos:

1)      O contador Antônio Carlos Atella Ferreira confirmou nesta quarta-feira que foi ele quem solicitou as declarações de IR da filha de Serra. Afirmou que apenas prestou um serviço a terceiros, e não se lembra, nem tem registros sobre quem contratou o serviço.

Obviamente a história é fraca. Ele precisa explicar a quem entregou, e de quem recebeu, o dinheiro e a procuração.

2) O uso de procurações falsas, praticamente desmonta o teste de hipótese de ingerência de “aloprados” do governo na Receita Federal para bisbilhotar adversários. Se o governo tem a máquina da Receita Federal nas mãos, não faz sentido falsificar um documento fora, para conseguir aquilo que está acessível internamente.
3) A imprensa teve acesso a documento da corregedoria da Receita em São Paulo vazado, identificando que servidoras do órgão em Mauá investigadas sob a acusação de vender dados fiscais tinham como intermediários um despachante, um contador e um advogado. Ainda não foram divulgados quem são estes outros nomes.

4) Os indícios voltam-se para brigas de máfias: seja brigas entre facções tucanas (Serra atropelou tucanos a vida inteira, fazendo muitos inimigos, e disputa espaços dentro do PSDB), seja esquemas de chantagens, seja esquemas de dossiês da imprensa paulista (muito comuns na revista Veja e na Folha), seja disputas de lobby’s de grupos econômicos (no estilo que foi visto na Operação Satiagraha e Chacal).

5) A Receita não tem poder de polícia para investigar pessoas fora de seus quadros. O encaminhamento ao Ministério Público deve colocar a Polícia Federal (que já investiga os outros vazamentos) para investigar essa procuração, esse contador e os demais envolvidos.

Tem um ditado que diz que o recurso do enforcado é espernear. E quanto mais esperneia, mais comprime a corda que lhe envolve o pescoço. É o que está acontecendo com o candidato tucano. Fim melancólico para quem sempre sonhou em ser presidente.

Anúncios

2 Respostas

  1. porque , o SERRA não fala da demissão de milhares de funcionários da FUNASA,movida por ele e FHC quando serra era então MINISTRO da SAÚDE, ato esse que levou diversas pessoas ao suicídio,por tantos anos de trabalho jogado fora houve intença luta judicial e SERRA passava pelos trabalhadores e dizia
    se voces voltarem eu uso SAIA, o LUIS INÁCIO VENCEU e havia prometido reintegração, de todos os funcionários e CUMPRIU o prometido, serra ( não merece escrito em maiúcula) precisa aprender á ser digno assim a DILMA o ensinará.

  2. porque , o SERRA não fala da demissão de milhares de funcionários da FUNASA?movida por ele e FHC quando serra era então MINISTRO da SAÚDE, ato esse que levou diversas pessoas ao suicídio,por tantos anos de trabalho jogado fora houve intença luta judicial e SERRA passava pelos trabalhadores e dizia
    se voces voltarem eu uso SAIA, o LUIS INÁCIO VENCEU e havia prometido reintegração, de todos os funcionários e CUMPRIU o prometido, serra ( não merece escrito em maiúcula) precisa aprender á ser digno assim, a DILMA o ensinará.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: