• Chegou a hora da verdade, golpistas

    No Blog da Cidadania

    Imagino que poucos tenham sido os que perderam tempo de sono assistindo à encenação barata levada a cabo no Senado da República na madrugada desta quinta-feira, 12 de maio de 2016. Este blogueiro não esteve entre esse bando de crédulos, por óbvio. Pouco importou o que disse este ou aquele senador. As cartas estavam marcadas.

    Não aconteceu nada de relevante no Plenário do Senado. Todos sabiam que nada havia a esperar. Nenhuma defesa de Dilma, por mais brilhante que fosse, mudaria o rumo das coisas. Nenhuma acusação que coonestasse o que lá ocorria veio nos salvar da confirmação de que a democracia estava sendo violentada com requintes de crueldade – pela capa torturante de “legalidade” (mal) estendida sobre o processo de impeachment de Dilma Vana Rousseff.

    O impeachment, pode-se dizer, ocorreu sob amplo constrangimento dos seus autores, dos seus executores e da assistência no entorno.

    Leia mais em Gestão Dória será investigada por cárcere privado de servidores


  • A Justiça de Moro – Cláudia Cruz, inocentada. Já Marisa Letícia, nem depois de morta.

    O Cafezinho

    Por Bojonas Teixeira Marisa Letícia, submetida ao estresse extremo, sofreu um AVC e morreu. Os médicos são unânimes em que o ambiente de pressão, de perseguição e linchamento foi causa decisiva para essa morte. Mas, mesmo assim, Sérgio Moro não a absolveu. Os advogados pediram a absolvição dela após a morte. Mas ele não aceitou. Apenas decretou a “extinção da punibilidade”. Ou seja, manteve um espinho cravado sobre a alma dela, mesmo depois de morta. Perseguindo-a, com as fúrias da lei, mesmo no outro mundo. Mas e Claudia Cruz? Cláudia, foi absolvida.

    Marisa Letícia nunca teve conta na Suíça, não fez gastos de US$ 526 mil no cartão de crédito, ou seja, mais de meio milhão de dólares, em compras suntuosas nas capitais do luxo. No entanto, apesar de Cláudia, como é conhecida na intimidade, gastar mais de meio milhão de dólares em futilidades, Moro viu nisso só inocência. Só vislumbrou boa fé. No caso de Maria Letícia, ao contrário, aceitou a denúncia ridícula que a acusa de lavagem de dinheiro por um triplex que ela nunca usou. Cláudia Cruz comprou, usou, consumiu, usufruiu, ostentou. Mas é inocente. Já no caso de Marisa, não comprou, não usou, não habitou – Mas havia elementos suficientes para que o juiz aceitasse a acusação.

    Leia mais em A Justiça de Moro – Cláudia Cruz, inocentada. Já Marisa Letícia, nem depois de morta


  • Doleiro preso por tráfico ajudaria Aécio na lavagem de propina, suspeita Lava Jato

    GNN Notícias

    Jornal GGN - No documento em que reforça o pedido de prisão contra Aécio Neves ao Supremo Tribunal Federal, o procurador-geral da República Rodrigo Janot revela que além da empresa da família Perrela, um doleiro condenado por tráfico internacional de diamentes é suspeito de ajudar o senador mineiro na lavagem da propina que ele teria recebido da JBS.

    Nas investigações sobre o caso, a Polícia Federal flagrou o assessor parlamentar de Zezé Perrela, Mendherson Souza Lima, conversando de maneira cifrada com o doleiro Gaby Amine Toufic Madi, condenado a 7 anos de prisão em 2016.

    Clique para continuar a ler.


  • Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

    Junte-se a 792 outros seguidores

  • Recomendo leitura

A Campanha Oportunista Contra o PT

Quer conhecer os covardes viva um momento de fraqueza.

Dilma Rousseff desagradou a esquerda indicando nomes como o de Joaquim Levy para a Fazenda e o de Kátia Abreu para a Agricultura.

O PT, ou parte dele, também se manifestou contrário, ainda que pese todas as explicações de Dilma para suas decisões. O fato é que há no PMDB muita gente e algumas provavelmente mais capacitadas que Kátia Abreu para assumir o Ministério da Agricultura. Até março de 2014 era Antonio Andrade, do mesmo PMDB, e não houve uma só voz na esquerda para falar contra, pelo menos não se tomou conhecimento dessa voz, se existiu.

Levy é ligado ao psdb e à Fernando Henrique Cardoso. Isso foi um golpe baixo em nós petistas convictos porque ficou parecendo que ganhamos, mas perdemos, como disse o mineiro derrotado Aécio Neves.

Isso desagradou a petistas e à oposição, mesmo aquela que se diz de esquerda [mas se alia à direita para combater um governo trabalhista] e então surgem os oportunistas. Luciana Genro, mostrando como pode ser medíocre, achou que podia cooptar petistas para o Psol. Pode até ser que alguns apareçam por lá, mas tal como eles, estes nunca foram petistas de fato.

Eu sou do PT desde 1985. Dentro das minhas limitações políticas ajudei o partido a chegar ao governo federal em 2003 com Luis Inácio Lula da Silva. Foi um governo brilhante do ponto de vista social. Brasileiros saíram da miséria; passaram a ter o que comer pelo menos duas vezes ao dia; muitos deixaram as palafitas e foram morar em casas dignas; foram criados empregos suficientes para atrair inclusive estrangeiros e chegamos ao ponto de eleger sua sucessora Dilma Rousseff.

Dilma nunca foi e jamais se aproximará da capacidade política de Lula. Jamais terá a sensibilidade social que Lula tem e seu governo jamais se aproximará do que foi o governo Lula. Mas se não Dilma quem seria? Olhem o quadro e me digam sinceramente se havia outro candidato na disputa que pudesse governar o Brasil de acordo com nossa visão de mundo.

De xiitas de esquerda à xiitas de direita passando por suspeito de ligação com o tráfico de drogas, como denunciou o policial Lucas Arcanjo [vídeo abaixo]. Dilma era a opção! Não havia outro/a.

Então os oportunistas aparecem porque o momento é delicado. Muita gente não sabe, mas no PT é assim que funciona. Se não estamos satisfeitos temos o DIREITO ESTATUTÁRIO de nos manifestar, inclusive publicamente, contra qualquer decisão de governo em nome do PT.

Vimos algumas manifestações do tipo “to pulando fora”. Mas estes nunca foram petistas de fato. Estavam no PT, mas quem ajudou a construir a nossa história, se está chateado com as decisões da presidenta como eu, vamos nos manifestar contrários, mas não vamos abandonar a história que ajudamos a construir. É simples assim.

Os oportunistas passarão, nós…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: