• Chegou a hora da verdade, golpistas

    No Blog da Cidadania

    Imagino que poucos tenham sido os que perderam tempo de sono assistindo à encenação barata levada a cabo no Senado da República na madrugada desta quinta-feira, 12 de maio de 2016. Este blogueiro não esteve entre esse bando de crédulos, por óbvio. Pouco importou o que disse este ou aquele senador. As cartas estavam marcadas.

    Não aconteceu nada de relevante no Plenário do Senado. Todos sabiam que nada havia a esperar. Nenhuma defesa de Dilma, por mais brilhante que fosse, mudaria o rumo das coisas. Nenhuma acusação que coonestasse o que lá ocorria veio nos salvar da confirmação de que a democracia estava sendo violentada com requintes de crueldade – pela capa torturante de “legalidade” (mal) estendida sobre o processo de impeachment de Dilma Vana Rousseff.

    O impeachment, pode-se dizer, ocorreu sob amplo constrangimento dos seus autores, dos seus executores e da assistência no entorno.

    Leia mais em Gestão Dória será investigada por cárcere privado de servidores


  • A Justiça de Moro – Cláudia Cruz, inocentada. Já Marisa Letícia, nem depois de morta.

    O Cafezinho

    Por Bojonas Teixeira Marisa Letícia, submetida ao estresse extremo, sofreu um AVC e morreu. Os médicos são unânimes em que o ambiente de pressão, de perseguição e linchamento foi causa decisiva para essa morte. Mas, mesmo assim, Sérgio Moro não a absolveu. Os advogados pediram a absolvição dela após a morte. Mas ele não aceitou. Apenas decretou a “extinção da punibilidade”. Ou seja, manteve um espinho cravado sobre a alma dela, mesmo depois de morta. Perseguindo-a, com as fúrias da lei, mesmo no outro mundo. Mas e Claudia Cruz? Cláudia, foi absolvida.

    Marisa Letícia nunca teve conta na Suíça, não fez gastos de US$ 526 mil no cartão de crédito, ou seja, mais de meio milhão de dólares, em compras suntuosas nas capitais do luxo. No entanto, apesar de Cláudia, como é conhecida na intimidade, gastar mais de meio milhão de dólares em futilidades, Moro viu nisso só inocência. Só vislumbrou boa fé. No caso de Maria Letícia, ao contrário, aceitou a denúncia ridícula que a acusa de lavagem de dinheiro por um triplex que ela nunca usou. Cláudia Cruz comprou, usou, consumiu, usufruiu, ostentou. Mas é inocente. Já no caso de Marisa, não comprou, não usou, não habitou – Mas havia elementos suficientes para que o juiz aceitasse a acusação.

    Leia mais em A Justiça de Moro – Cláudia Cruz, inocentada. Já Marisa Letícia, nem depois de morta


  • Doleiro preso por tráfico ajudaria Aécio na lavagem de propina, suspeita Lava Jato

    GNN Notícias

    Jornal GGN - No documento em que reforça o pedido de prisão contra Aécio Neves ao Supremo Tribunal Federal, o procurador-geral da República Rodrigo Janot revela que além da empresa da família Perrela, um doleiro condenado por tráfico internacional de diamentes é suspeito de ajudar o senador mineiro na lavagem da propina que ele teria recebido da JBS.

    Nas investigações sobre o caso, a Polícia Federal flagrou o assessor parlamentar de Zezé Perrela, Mendherson Souza Lima, conversando de maneira cifrada com o doleiro Gaby Amine Toufic Madi, condenado a 7 anos de prisão em 2016.

    Clique para continuar a ler.


  • Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

    Junte-se a 792 outros seguidores

  • Recomendo leitura

MPL convoca para tentativa de golpe em 2015

Movimento tem alvo diferente do anunciado

Movimento tem alvo diferente do anunciado

MPL, ou Movimento do Passe Livre, convocou manifestações para janeiro de 2015 contra o aumento de passagem permitida pela prefeitura de São Paulo. Parece legítima a causa, não parece? Pois é, mas só parece.

As tarifas dos ônibus vão aumentar para R$ 3,50. O trabalhador assalariado com registro em carteira continuará a pagar o equivalente a 6% dos seus rendimentos, o mesmo que pagaria se a passagem fosse 1, 2 ou 5 reais.

Chamo a atenção para isto porque ao beneficiário o valor da tarifa dos transportes não será aumentada. Isto só ocorre quando o seu salário for igualmente aumentado; por exemplo: O trabalhador que ganha salário mínimo de R$ 729 lhe é descontado o valor de R$ 43,74. Quando o salário mínimo for aumentado para R$ 790 previstos para 2015, ele passará a pagar R$ 47,40 de custeio de transporte independente do valor da passagem. E se a passagem fosse aumentada para R$ 7? Sem problemas, ele continuaria a pagar os R$ 47,40.

Então, quem paga o restante?

O Vale-Transporte será custeado:
– pelo beneficiário, na parcela equivalente a 6% (seis por cento) de seu salário básico ou vencimento, excluídos quaisquer adicionais ou vantagens;
– pelo empregador, no que exceder à parcela referida no item anterior.

Então para que a manifestação convocada pelo MPL?

É um movimento político? É. Todo movimento é político e este tem um alvo: o PT.

Alegam os líderes do movimento que é uma causa justa. Alegam sobretudo que estão defendendo uma minoria que não tem carteira assinada e, portanto, não são beneficiários do Vale Transporte. O argumento seria válido se o foco não fosse o aumento dos ônibus, mas de todo o sistema de transporte: vans (peruas), trens, metrô e ônibus.

Acontece que o MPL não está preocupado com o aumento dos outros meios. Lhes interessam apenas os ônibus cuja concessão é municipal e, portanto, o aumento é permitido pelo prefeito Haddad, do PT, para a cidade de São Paulo. Nada sobre o metrô; nada sobre os trens. Sobre as vans (peruas) então… E o prefeito Haddad estabeleceu tarifa zero para todos os estudantes da pré-escola ao ensino universitário facilitando, assim, a vida de milhares de estudantes paulistas.

26/12/2014 18h19 – Atualizado em 26/12/2014 20h14
Haddad anuncia passe livre para estudantes e tarifa de ônibus a R$ 3,50
Câmara municipal teria sido comunicada da mudança nesta sexta-feira.
Tarifa de ônibus vai ser reajustada a partir de 6 de janeiro, diz Prefeitura.
Do G1 São Paulo
A Prefeitura de São Paulo informou, por meio de nota à imprensa, nesta sexta-feira (26), que vai instituir o passe livre para estudantes de escolas públicas e para universitários do Prouni, Fies e cotistas e que a tarifa de ônibus vai ser reajustada de R$ 3,00 para R$ 3,50 a partir de 6 de janeiro.

Nota-se, assim, que o objetivo é resgatar aquele movimento fascista de junho de 2013 que levou baderneiros a saquearem lojas, quebraram bancos e o patrimônio público.

Não é possível que os trabalhadores circulem apenas de ônibus, sobretudo quando vimos os trens do metrô abarrotados de gente em toda a malha metroviária. Além disso as contas não batem em favor dos trabalhadores. Parece que o MPL está saíndo em defesa dos empregadores, porque para eles há um aumento de custo. Querem que eu desenhe? Vamos lá!

Um trabalhador simples, de salário mínimo (R$ 729), cujo desconto em folha é de R$ 43,74, e que se vale de duas conduções de mesmo valor (R$ 3,00), trabalhando 20 dias por mês. O custo de passagem será de R$ 12 por dia, que multiplicado por 20 dias somam-se R$ 240. Mas o trabalhador só paga R$ 43,74. Quem paga os outros R$ 196,26? O Empregador.

Agora, quando a passagem aumentar para R$ 3,50 a parcela do trabalhador continuará a mesma de R$ 43,74, mas a do empregador aumenta para R$ 236,26, porque o custo total aumentou para R$ 280/mês. Então o MPL está saindo em defesa de quem?

O entendimento que tenho é que o MPL faz parte de um pacote a serviço da velha elite que se desespera com o PT no 2013bpoder e lhes prestam serviço para provocar o caos urbano e, assim, atingir as administrações petistas (de Haddad e de Dilma Rousseff) que levariam os parlamentos a discutirem um possível impeachment de ambos. É mais uma tentativa de dar o golpe já que nas urnas se mostram incompetentes. Se não ganham no convencimento tentam na força, na marra.

Vocês se lembram do que foi aquele movimento fascista de 2013. Ele ressurge agora em janeiro com a máscara das causas dos trabalhadores, mas que não passa de mera cortina para encobrir seus reais objetivos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: