• Chegou a hora da verdade, golpistas

    No Blog da Cidadania

    Imagino que poucos tenham sido os que perderam tempo de sono assistindo à encenação barata levada a cabo no Senado da República na madrugada desta quinta-feira, 12 de maio de 2016. Este blogueiro não esteve entre esse bando de crédulos, por óbvio. Pouco importou o que disse este ou aquele senador. As cartas estavam marcadas.

    Não aconteceu nada de relevante no Plenário do Senado. Todos sabiam que nada havia a esperar. Nenhuma defesa de Dilma, por mais brilhante que fosse, mudaria o rumo das coisas. Nenhuma acusação que coonestasse o que lá ocorria veio nos salvar da confirmação de que a democracia estava sendo violentada com requintes de crueldade – pela capa torturante de “legalidade” (mal) estendida sobre o processo de impeachment de Dilma Vana Rousseff.

    O impeachment, pode-se dizer, ocorreu sob amplo constrangimento dos seus autores, dos seus executores e da assistência no entorno.

    Leia mais em Chegou a hora da verdade, golpistas


  • Gravação mostra procuradores da "lava jato" tentando induzir depoimento

    Consultor Jurídico

    Ameaçar testemunhas com o intuito de influenciar o resultado de uma investigação criminal configura crime de coação no curso do processo, previsto no artigo 344 do Código Penal, já decidiu o Supremo Tribunal Federal. No entanto, é difícil imaginar qual é o possível desfecho quando a atitude é do próprio Ministério Público Federal.

    Ameaças veladas, como “se o senhor disser isso, eu apresento documentos, e aí vai ficar ruim pro senhor”, que poderiam estar em um filme policial, foram feitas em plena operação “lava jato”. E em procedimento informal, fora dos autos.

    Leia mais em Gravação mostra procuradores da "lava jato" tentando induzir depoimento


  • 'Está muito claro que é um golpe de Estado', diz Nobel da Paz argentino sobre impeachment de Dilma

    Opera Mundi

    O vencedor do prêmio Nobel da Paz em 1980, o ativista argentino Adolfo Pérez Esquivel, se reuniu nesta quinta-feira (28/04) com a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto. Ele manifestou apoio à mandatária e afirmou que o processo de impeachment contra Dilma se trata de um “golpe de Estado”.

    “Está muito claro que o que se está preparando aqui é um golpe de Estado encoberto, o que nós chamamos de um golpe brando”, disse Pérez Esquivel à imprensa após o encontro. “Seria um retrocesso muito grave para o continente. Sou um sobrevivente da época da ditadura [militar na Argentina, 1976-1983], nos custou muito fortalecer as instituições democráticas. Aqui [no Brasil] se está atacando as instituições democráticas”, afirmou.

    Clique para continuar a ler.


  • Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

    Junte-se a 790 outros seguidores

  • Principais posts & páginas

Desabilitar o Yahoo do UC Browser

y

Quer saber? Pragas na internet há de montão.
A Yahoo é uma merda que vem acoplada em muitos aplicativos que usuários desejam baixar para o seu desktop.

Recentemente resolvi experimentar o UC Browser porque o firefox trava muito. Fiquei decepcionado porque o UC é uma versão pobre do Google Chrome e o pior é que ela trouxe esse titica do Yahoo como mecanismo de busca.

Procurando pela internet não encontrei nada que pudesse me dizer como desabilitar o Yahoo como mecanismo de busca no UC Browser e decidi deixar aqui como resolvi meu problema. Se quer se desfazer desse troço, faça assim:

  1. No canto superior direito tem 3 barrinhas (ou traços, como preferir). Clicando la abre uma janela de Menus.
  2. Clique em extensões. Vai abrir uma nova página com as opções de extensões no seu navegador. Do lado direito há duas opções: Desativar e Deletar. Eu resolvi deletar pra não correr o risco da praga Yahoo se manifestar novamente.
  3. Reinicie o navegador.

Pronto!
Agora você e eu estamos livres dessa porcaria que não foi autorizada por você para estar na sua máquina nem no sua navegação virtual.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: