Caráter: como discernir o bom e o mau

caraterToda pessoa tem caráter. Volpi (2003) diz que caráter é “o comportamento de uma pessoa frente aos estímulos recebidos do meio” e que pode se apresentar de maneira saudável e o neurótico (bom e mau: concluo). Aqui considero bom aquilo que é socialmente aceito pela maioria e é cultivado como valor e mau aquilo que é rejeitado pela maioria e tido como reprovável. Emerson (1803-1882) diz que caráter é “uma força discreta que atua diretamente pela presença e sem intermediário”. Este mesmo autor diz que “tudo na natureza é bipolar, ou tem um pólo positivo e um pólo negativo.

Ora, o caráter se manifesta nos atos praticados pela pessoa e considerando a definição de Volpi (2003) como resposta ao estímulo que recebe do meio, portanto, se manifesta de maneira positiva ou negativa; boa ou ruim. É como se diséssemos que não há pessoa viva que tenha caráter puramente bom e que em algum tempo ao longo da vida a pessoa pode manifestar seu lado negativo. Nos tempos modernos essa manifestação bipolar do caráter tem se manifestado mais comumente, ora bom, ora mau, dependendo muito dos estímulos que recebe do meio em que vive.

Com efeito! Leite e Leite (2007) buscando conceituar a definição da formação do caráter nacional brasileiro chegam a afirmar que “um momento de reflexão mostrará a dificuldade dessa tarefa: em primeiro lugar, não seria suficiente demonstrar a existência de um ou de outro aspecto característico, mas, ao contrário, demonstar esse mesmo aspecto em várias e diferentes manifestações” (p. 155). Desse modo definimos que a pessoa manifesta seu bom caratismo quando pratica a austeridade, a solidariedade, a verdade, a justiça etc.; ou manifesta seu mau caratismo quando pratica a injustiça, a segregação, a discriminação, o preconceito, a mentira… Ah! A mentira.

Nesse tempo multimedia a mentira é um elemento presentemente constante. Constante e abundante. Uma armadilha para os incautos manifestarem o lado negativo de seu caráter.

Quando uma pessoa manifesta indignação contra uma injustiça; presta solidariedade ou contribui para o desenvolvimento do outro dizemos que ele pratica o bom caráter. Quando pratica um ato discriminatório; manifesta preconceito ou mente para denegrir ou ferir a imagem do outro dizemos que ele pratica o mau caráter. O que dizer então de uma pessoa humanamente boa em tempo integral? Nela existe o pólo negativo do caráter? Se existe porque ela não manifesta este pólo em suas atitudes? Autocontrole. Esta pessoa está permanentemente combatendo o que há de ruim em si para ser uma pessoa boa. Boa para si e para o outro e que nos serve de exemplo a ser seguido. É uma tarefa hercúlea porque nossa cultura não nos permitiu praticar o autocontrole. É muito comum uma pessoa reagir de acordo com os estímulos que recebe sem pensar nas consequências e na característica manifesta do seu caráter.

As pessoas se ofendem quando se diz: “isto é mau caratismo!” Mas isto o que? Quando se diz isto se diz que uma pessoa é mau caráter ou se diz que ela está manifestando um lado não controlado do seu caráter? Por isto a pergunta “isto o que?”. Com efeito, se uma pessoa pratica um ato desonesto – e é importante lembrar daquilo que é aceito e daquilo que é rejeitado pela sociedade – pode-se dizer que o ato que praticou foi uma expressão ruim do seu caráter. Portanto, ao conceituar o caráter de alguém como bom ou ruim quem o faz, o faz avaliando o feito do outro e não a pessoa de quem pratica o ato, até porque aquele que avalia também possui caráter com a mesma dualidade do avaliado e pode em algum momento de sua vida permitir a manifestação negativa do seu caráter.

Das citações

EMERSON, RALPH WALDO (1803-1882). Caráter. Ensaístas Americandos – Clássicos Jackson. Vol. XXXI. W. M. Jackson Inc. Rio de Janeiro, 1950. Tradução de Sarmento de Beires e José Duarte.

LEITE, DANTE MOREIRA. LEITE, RUI MOREIRA. O caráter nacional brasileiro: história de uma ideologia. 7 ed. rev. – São Paulo: Editora Unesp, 2007.

VOLPI, JOSÉ HENRIQUE. A compreensão da formação do caráter como ferramenta auxiliar na capacitação de docentes em Educação Ambiental. Curitiba, Centro Reichiano, 2003. Disponível em http://www.centroreichiano.com.br. Acessado em 21/03/2014.

Casa & Vídeo vai fechar loja em Queimados

Você se assustou com o título do artigo?

Mas não se assuste se isto vier a acontecer nos próximos meses.

No artigo “Alagou tudo. De quem é a culpa?” isentei o poder público da culpa porque “…Foi um sinistro atípico, inevitável. Penso, contudo, que o impacto poderia ter sido menor”.

Av. Tinguá, na Praça dos Eucaliptos

Av. Tinguá, na Praça dos Eucaliptos

E nesse mesmo artigo eu apresento algumas possibilidades, entre elas “retenção de parte da água e a construção de pequenos sumidouros. As grandes construções fazem um sistema de coleta de água para até 5 mil litros e o poder público cria pequenos sumidouros de água nas margens das vias”.

Vocês imaginam quantos litros de água poderia ser retido no subsolo da Praça dos Eucaliptos? Muitos litros, o suficiente para evitar esta cena ocorrida nesta segunda (17/02, foto).

Agora procurem avaliar quanta água entrou na Casa & Vídeo. Tiveram que fechar as portas. Os clientes sumiram e provavelmente perderam algumas mercadorias.

Se a opção da presidência da rede optar por deixar Queimados não podemos reclamar. Não é possível que a cada meia hora de chuva se perca mercadorias e oportunidades de venda. Casa & Vídeo é uma empresa comercial, vive de clientes em suas lojas. Fico imaginando se o mês de março resolver chover como se espera. Serão pelo menos 10 dias sem negócios na loja em Queimados.

Lembro-me da festa e da pompa com a qual o prefeito Max bate no peito pra dizer que levou a Casa & Vídeo para Queimados. Quero vê-lo bater no peito pra dizer que este é um problema que não vai mais se repetir para mantê-la na cidade.

Eu apresentei algumas possibilidades, mas existem muitas outras que podem ajudar. A crítica acontece agora porque depois do sinistro do final do ano passado e início deste ano não se viu nenhum movimento que pudesse resolver o problema.

Estamos falando do Centro do nosso município, o cartão de visita da nossa cidade. Estou envergonhado, mas disposto a ajudar. Penso que o prefeito Max Lemos (PMDB) pode propor um consórcio entre as cidades Nova Iguaçu, Queimados e Japeri para ações públicas com vistas a equacionar o problema. Vamos prefeito! Convida o povo pra discutir esse problema e você vai se surpreender com a quantidade de propostas, muitas delas exequíveis. E todos queremos uma solução porque afeta o outro, mas dói na gente também.

Av. Pedro Jorge, esquina com Eloy Teixeira

Av. Pedro Jorge, esquina com Eloy Teixeira

O Risco de se envolver com atividades criminosas

CaioSilva

20 anos de PSDB. Como está SP

secaSP

Publicado originalmente no Blog do Nassif

A redução dos níveis de água do reservatório da Cantareira aos irrisórios 22% de sua capacidade é motivo de atenção e preocupação. É a primeira vez que se registram níveis tão baixos no reservatório responsável por 45% de atendimento da Região Metropolitana de São Paulo, RMSP.  A responsabilidade dos preocupantes índices, segundo o governo, é a falta de chuvas que faz deste o verão o mais seco desde 1984. Altas temperaturas batem recordes sobre recordes. Campanhas para racionamento já começam a circular nos meios de comunicação, com o inevitável apelo para o controle do uso de água.

Mas nem tudo pode ser jogado nas costas das donas de casa ou nas condições do clima. Há fatores muito mais preocupantes, que podem nos colocar diante de risco iminente de escassez de água por um bom tempo.

Para compreender o fornecimento de água casa a casa na megametrópole é preciso compreender como funciona o abastecimento. Vamos tratar do Sistema Cantareira, responsável por 45% do fornecimento de água na região metropolitana, que atende  aproximadamente 9 milhões de habitantes.

O Sistema Cantareira é formado pelos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí. Há ainda os rios que complementam o sistema, o Atibainha e alguns afluentes do sul de Minas Gerais, região de Extrema. Estes rios formam o Sistema Cantareira, estruturados num complexo de emaranhados tuneis, canais e reservatórios chegando até a represa Paiva Castro. Nesta área de captação das águas para o abastecimento residem 5,2 milhões de habitantes que também utilizam estas águas para consumo, somando o total de 59 municípios.

Sua gestão é conduzida pela Agência Nacional de Águas, ANA, em parceria com os Comitês de Bacia, órgãos colegiados com representação da sociedade civil.

Em 2004, a ANA outorgou o Sistema Cantareira partilhando o uso da água entre a região de Campinas, Jundiaí, Atibaia e Extrema e a Região Metropolitana de São Paulo. Desta outorga, ficou pactuado que a RMSP receberia 33 metros por segundo de água potável, regime este válido por 10 anos.

Continue a ler clicando aqui.

Dilma, por Dilma Rousseff

A Marta é nossa Pelé de saia; a arrumação da casa para a grande festa Copa do Mundo de Futebol ‪#‎VaiTerCopa‬ ficará no Brasil; Noticiaram que o Planalto convocou reunião para resolver o problema de São Paulo. Quem Convocou? Gasto com jantar em Lisboa foi pago com dinheiro próprio; desautorizado qualquer informação sobre cortes, índices de metas ou qualquer número sobre economia. Troca de Ministros e números, contenção de despesas, metas fiscais só serão tratados no Brasil. O resto é invencionice da imprensa.

 

 

 

Quando os abutres se calam

A empresária paulista Luiza Helena Trajano Inácio Rodrigues, presidente da rede de varejo Magazine Luiza, calou a boca dos abutres globais. Eles que não gostam do Brasil, só preveem desgraça, não conseguem enxergar a parte cheia do copo, tiveram uma aula de economia e de otimismo.

Como eles manipulam as informações

Há muito a blogosfera vem alertando a sociedade sobre as manipulações que estão ocorrendo no Brasil: seja no judiciário, seja na mídia.

graficovergonha

No programa Conta Corrente, da GloboNews, fizeram uma mágica: 5,91 agora é maior que 6,5, na expressão matemática 5,91 > 6,5. Tá correto isto? Obviamente que não, mas para eles o que importa não é a informação, mas a manipulação e a indução daquilo que eles querem você acredite. Observem o gráfico ao lado e vejam que para eles, você telespectador não sabe pensar. Vê um gráfico e imagina o interpretou corretamente.

No judiciário o tal mensalão é um mentirão orquestrado por um ditadorzinho dos mais medíocres desses tempos modernos. Trata-se de Joaquim Barbosa que escondeu verdades para que a mentira meticulosamente manipulada se tornasse uma verdade para você.

Esse material já foi divulgado pelo Tijolaço, pelo Conversa Afiada, pelo Cafezinho e muitos outros blogs que não possuem vínculo com essa mídia bandida que existe no Brasil. São 14 argumentos que jogam por terra as mentiras que Joaquim Barbosa criou para condenar petistas.

Confira as imagens.

mentirao1

mentirao11

mentirao3

mentirao5

mentirao6

mentirao7

mentirao8

mentirao9

 

mentirao91

 

 

 

 

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 657 outros seguidores