A religiosidade está matando a fé

A dicotomia entre a religião e a ciência é historicamente secular, mas, ao meu ver, a fé e a ciência caminham juntas, porque uma complementa a outra.feAo contrário da religião que estabelece verdades apenasmente discursiva, a fé cria dúvidas e incertezas tal como a ciência. O que move a ciência não são as certezas, mas as dúvidas.

Quando o cientista cria hipóteses gera, ao mesmo tempo, dúvidas das quais ele tenta dirimi-las através de estudos e experimentos. O que o move buscar a verdade senão a fé?

Com efeito! Se ele tem fé, se acredita existir uma explicação lógica e racional, ele trabalha incessantemente para encontrá-la.

Diferente da religião que aceita o inexplicável como providência divina e aniquila a fé que busca a verdade. Por isso tão superficiais os religiosos que não vivem na prática aquilo que discursam, silenciam-se a filosofia e se tornam imóveis diante de desafios que o próprio Criador lhes deixou em evidência.

O objetivo da fé é libertar o homem: “Conhecereis a verdade e ela vos libertará (João 8: 32)” assim como a ciência que não se limita a aceitar apenas a versão superficial e enganosa dos olhos frágeis e míopes. A religião, entretanto, cuida de analisar o instante convertendo a razão em dogma. Lhe basta acomodar-se e aceitar tudo como se fosse obra do Criador sem a percepção do livre arbítrio, das escolhas que tem de fazer em benefício de si e dos outros a quem deveria amar como a si mesmo (Mateus 22: 39).

A fé nos leva a buscar a matriz dos problemas para encontrar a solução. A fé nos faz aceitar a opinião dos experimentados sem desprezar as dos leigos e o senso comum.

A fé nos faz viver. A religiosidade nos mata a fé.

Copa do Mundo Fifa. Contra por quê?

Eu vejo amigos e conhecidos reclamando da Copa do Mundo no Brasil com a mesma alegação que partiu do submundo que é a Rede Globo, revista Veja, Folha de São Paulo, Psol, PSDB, Estadão, Globo, revista Época e outras afins: o Brasil precisa investir em educação e em saúde.

O engraçado é que a maioria deles cobram do governo federal investimento na educação básica, que é de responsabilidade do governo municipal. Quando digo que o governo federal repassa verba para a merenda, para o uniforme e para o transporte, mas que a responsabilidade é do governo municipal dizem que isto não resolve o problema da educação. E como é que resolve então? Eles não sabem.

A mesma fonte que alega investimento em saúde também foram contra o Programa Mais Médico. Mas não é pra investir em saúde? E como faz isto se os médicos brasileiros preferem os centros e abandonam a população mais pobre da periferia? Falam da construção de Hospitais e contratação de mais médicos, mas não querem os estrangeiros. E vamos contratar quem? Quem já é médico e está trabalhando em hospitais privados e clínicas particulares? São estes que, ao serem contratados pelo poder público, só querem ir lá, bater o ponto, e voltar a clinicar para o particular. Afinal, para que medicar pobres em postos e hospitais públicos, não é mesmo?

Alegam também uso do dinheiro público em construção de Estádios de Futebol. De maneira socrática vamos perguntando: mas de quem é o Estádio? De onde saiu o dinheiro? Com quais condições o dinheiro foi EMPRESTADO ao clube para reformar, ampliar e modernizar os estádios? Eles não precisam devolver esse dinheiro? Daí, sem argumentos começam a baixar o nível onde ganham pela experiêrncia.

Ora, quando os governadores, os ministros, prefeitos e o presidente Lula foram ao sorteio da Fifa para saber quem ia sediar a Copa do Mundo no Brasil quase 90% queriam a realização dela aqui. Os contrários de hoje imaginavam que ao fim do mandato Lula o “homem da bolinha de papel” seria o presidente. Então se calaram; aceitaram cordeiramente a realização da Copa aqui. Mas Serra não foi eleito presidente, mas Dilma Rousseff, daí então passaram a ser contra. Caramba!!! É um absurdo atrair 200 mil turistas para o Brasil! É um absurdo modernizar, ampliar e reformar aeroportos! É um absurdo melhorar estradas e rodovias em função da Copa do Mundo! É um absurdo capacitar pessoas para receber turistas estrangeiros! É um absurdo gerar 650 mil empregos por conta da Copa do Mundo! Sim, porque ser contra a realização da Copa é ser contra tudo isto.

Recentemente Aécio Neves e Armínio Fraga revelaram que para o projeto neoliberal é preciso aumentar o desemprego (para facilitar o arrocho salarial e submeter trabalhadores ao domínio escravocrata dos patrões) e diminuir o salário mínimo. Não à toa, eles precisam que esse povo seja contra a Copa do Mundo.

Eu sou a favor. Esse argumento de que o dinheiro que entrar será objeto de corrupção é o risco que temos que correr, mas compreendo que investir 22 bilhões em mobilidade urbana, modernização dos transportes, melhorias dos estádios, capacitação de pessoas e geração de emprego e arrecadar mais de 140 bilhões com a realização da Copa justificam minha opção.

Eu sou a favor porque estamos recebendo 200 mil estrangeiros que trazem riquezas pecuniárias e culturais para o Brasil. Eu sou a favor porque os benefícios que estão sendo gerados permanecerão em nosso país e para as pessoas que aqui vivem. Eu sou a favor porque nossa autoestima se fortalece quando mostramos ao mundo que somos democráticos, convivemos bem com as diferenças apesar de algumas sherazades midiáticas, cada qual é livre para escolher sua religião apesar dos malafaias e felicianos. Tenho certeza que muitas nações grandemente desenvolvidas e ricas nos invejam. Podemos ser exemplo para o mundo e bastava uma ação apenas de cada um de nós: fazer as críticas para melhorar o que está sendo feito e sempre em favor do Brasil.

Eu só não entendo por que os contrários torcem contra o Brasil.

O que você precisa saber sobre o Bolsa Família

Toda família que tem renda per capita mensal informada no Cadastro Único inferior a R$ 70, recebe o Benefício Básico, no valor fixo de R$ 70. Além deste, todas famílias com renda mensal de até R$ 140 por pessoa e que tenham em sua composição filhos até 15 anos, recebem o Benefício Variável, no valor de R$ 32 por filho (até o limite de cinco filhos). Aquelas que tem filhos de 16 e 17 anos recebem o Benefício Variável Jovem (BVJ), no valor de R$ 38 por filho (até dois jovens). E ainda há os benefícios para gestantes e nutrizes, no valor de R$ 32 por mês, também (MDS).

Agora digamos que uma família tenha o limite máximo de filhos e tenham direitos a todos os benefícios. Vamos somar?

70 reais fixos + 32 reais por filho x 5 filhos = 160 reais + 38 por filho até 17a x 2 = 76 reais + 32 por ser nutriz ou gestante. Total máximos a ser recebido pela família: 70 + 160 + 76 + 32 = 338 reais.

Observem que a família pode ter 15 filhos, mas só 7, no máximo, terão direito. Então parem de inventar que pobres vão danar a gerar filhos para ganhar bolsa família. 338 reais não alimenta direito 7 pessoas.

O Bolsa Família não é um instrumento de cabresto: é uma política pública. Se o PT deixar de ser governo a política só deixa de existir se o novo governo acabar com ela. Ademais, ela é paga para quem vota no PT ou nos partidos da oposição. Diferente daquelas bolsas oferecidas antes do PT e que eram pagas apenas aos eleitores do partido do governo da ocasião.

É importante ter em mente que desde a Proclamação da República esta foi a primeira política pública que devolveu impostos à população. E todos ganham, não apenas os beneficiários da Bolsa. O padeiro da esquina, o aviário na sua rua, o açougue do seu Manoel, a peixaria do Joaquim, o Mercadinho da Praça e o grande supermercado de sua cidade. Como?

Ora, de acordo com a política o benefício é pago às mulheres que recebem o dinheiro e corre para comprar alimento. Se eles não recebessem tal benefício, o aviário não lhe venderia o frango; o açougue não lhe venderia a carne; o mercado não lhe venderia o arroz… Então os empresários também são beneficiados com o Bolsa Família porque passaram a vender mais.

Além disso tem as questões sociais implicadas como a obrigatoriedade dos meninos e meninas em idade escolar ter que frequentar a escola. Você crítico do Bolsa Família não leva isso em consideração, mas esta obrigatoriedade já permitiu que dobrasse o número de alunos que completam o Ensino Fundamental.

Há muito o que ser dito, mas de nada adianta explicar quando o outro não quer entender.

Casa & Vídeo vai fechar loja em Queimados

Você se assustou com o título do artigo?

Mas não se assuste se isto vier a acontecer nos próximos meses.

No artigo “Alagou tudo. De quem é a culpa?” isentei o poder público da culpa porque “…Foi um sinistro atípico, inevitável. Penso, contudo, que o impacto poderia ter sido menor”.

Av. Tinguá, na Praça dos Eucaliptos

Av. Tinguá, na Praça dos Eucaliptos

E nesse mesmo artigo eu apresento algumas possibilidades, entre elas “retenção de parte da água e a construção de pequenos sumidouros. As grandes construções fazem um sistema de coleta de água para até 5 mil litros e o poder público cria pequenos sumidouros de água nas margens das vias”.

Vocês imaginam quantos litros de água poderia ser retido no subsolo da Praça dos Eucaliptos? Muitos litros, o suficiente para evitar esta cena ocorrida nesta segunda (17/02, foto).

Agora procurem avaliar quanta água entrou na Casa & Vídeo. Tiveram que fechar as portas. Os clientes sumiram e provavelmente perderam algumas mercadorias.

Se a opção da presidência da rede optar por deixar Queimados não podemos reclamar. Não é possível que a cada meia hora de chuva se perca mercadorias e oportunidades de venda. Casa & Vídeo é uma empresa comercial, vive de clientes em suas lojas. Fico imaginando se o mês de março resolver chover como se espera. Serão pelo menos 10 dias sem negócios na loja em Queimados.

Lembro-me da festa e da pompa com a qual o prefeito Max bate no peito pra dizer que levou a Casa & Vídeo para Queimados. Quero vê-lo bater no peito pra dizer que este é um problema que não vai mais se repetir para mantê-la na cidade.

Eu apresentei algumas possibilidades, mas existem muitas outras que podem ajudar. A crítica acontece agora porque depois do sinistro do final do ano passado e início deste ano não se viu nenhum movimento que pudesse resolver o problema.

Estamos falando do Centro do nosso município, o cartão de visita da nossa cidade. Estou envergonhado, mas disposto a ajudar. Penso que o prefeito Max Lemos (PMDB) pode propor um consórcio entre as cidades Nova Iguaçu, Queimados e Japeri para ações públicas com vistas a equacionar o problema. Vamos prefeito! Convida o povo pra discutir esse problema e você vai se surpreender com a quantidade de propostas, muitas delas exequíveis. E todos queremos uma solução porque afeta o outro, mas dói na gente também.

Av. Pedro Jorge, esquina com Eloy Teixeira

Av. Pedro Jorge, esquina com Eloy Teixeira

O Risco de se envolver com atividades criminosas

CaioSilva

20 anos de PSDB. Como está SP

secaSP

Publicado originalmente no Blog do Nassif

A redução dos níveis de água do reservatório da Cantareira aos irrisórios 22% de sua capacidade é motivo de atenção e preocupação. É a primeira vez que se registram níveis tão baixos no reservatório responsável por 45% de atendimento da Região Metropolitana de São Paulo, RMSP.  A responsabilidade dos preocupantes índices, segundo o governo, é a falta de chuvas que faz deste o verão o mais seco desde 1984. Altas temperaturas batem recordes sobre recordes. Campanhas para racionamento já começam a circular nos meios de comunicação, com o inevitável apelo para o controle do uso de água.

Mas nem tudo pode ser jogado nas costas das donas de casa ou nas condições do clima. Há fatores muito mais preocupantes, que podem nos colocar diante de risco iminente de escassez de água por um bom tempo.

Para compreender o fornecimento de água casa a casa na megametrópole é preciso compreender como funciona o abastecimento. Vamos tratar do Sistema Cantareira, responsável por 45% do fornecimento de água na região metropolitana, que atende  aproximadamente 9 milhões de habitantes.

O Sistema Cantareira é formado pelos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí. Há ainda os rios que complementam o sistema, o Atibainha e alguns afluentes do sul de Minas Gerais, região de Extrema. Estes rios formam o Sistema Cantareira, estruturados num complexo de emaranhados tuneis, canais e reservatórios chegando até a represa Paiva Castro. Nesta área de captação das águas para o abastecimento residem 5,2 milhões de habitantes que também utilizam estas águas para consumo, somando o total de 59 municípios.

Sua gestão é conduzida pela Agência Nacional de Águas, ANA, em parceria com os Comitês de Bacia, órgãos colegiados com representação da sociedade civil.

Em 2004, a ANA outorgou o Sistema Cantareira partilhando o uso da água entre a região de Campinas, Jundiaí, Atibaia e Extrema e a Região Metropolitana de São Paulo. Desta outorga, ficou pactuado que a RMSP receberia 33 metros por segundo de água potável, regime este válido por 10 anos.

Continue a ler clicando aqui.

Dilma, por Dilma Rousseff

A Marta é nossa Pelé de saia; a arrumação da casa para a grande festa Copa do Mundo de Futebol ‪#‎VaiTerCopa‬ ficará no Brasil; Noticiaram que o Planalto convocou reunião para resolver o problema de São Paulo. Quem Convocou? Gasto com jantar em Lisboa foi pago com dinheiro próprio; desautorizado qualquer informação sobre cortes, índices de metas ou qualquer número sobre economia. Troca de Ministros e números, contenção de despesas, metas fiscais só serão tratados no Brasil. O resto é invencionice da imprensa.

 

 

 

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 661 outros seguidores